Quais são os tipos de Vedações Industriais?

Quais são os tipos de Vedações Industriais?

A vedação industrial pode ser desempenhada por diferentes produtos, os quais possuem como função vedar um sistema, ou seja, evitar que ocorra vazamentos de fluídos dentro de um sistema industrial.

Esses possíveis vazamentos que as vedações barram, podem ocorrer tanto do meio externo para interno, quanto o inverso, do meio interno para o externo. Na primeira situação, a vedação industrial previne a contaminação do sistema de uma máquina, por conta de fluidos externos, sejam estes líquidos, gasosos ou sólidos.

Já na segunda situação, a vedação industrial auxilia no combate à contaminação do meio ambiente, independente do estado físico dos fluidos.

Outra vantagem de uma vedação eficiente, é manter o bom funcionamento dos equipamentos, evitando desgastes e danos, que podem gerar custos adicionais às empresas, bem como uma queda na produtividade por máquina parada em manutenção.

E para quem acha que uma vedação industrial está limitada para sistemas fixos dentro de uma fábrica, se engana, pois é possível encontrar este tipo de vedação em diferentes máquinas, dos mais distintos segmentos, tais como químico, petrolífero, automobilístico e até mesmo alimentício.

Existem vários tipos/elementos de vedações para aplicações diferentes, na indústria em geral, são utilizados em diversas maquinas e implementos e em sistemas Hidráulicos e Pneumáticos. Podemos classificar em dois grandes grupos em relação ao movimento, Vedações Estáticas e Vedações Dinâmicas, alguns elementos podem ser utilizados nos dois, segue abaixo detalhes de cada um.

Vedações Estáticas:

A vedação estática, como o próprio nome diz, é utilizada em sistemas estáticos, onde não há movimento entre as peças, mas há a necessidade de vedar dois meios em um único sistema, como por exemplo, tampa de bombas hidráulicas, redutores etc.

Dentre as opções para vedação estática podemos citar os seguintes produtos:

Anéis de vedação O-ring, X-ring, Arruelas, Juntas, Perfis de Borracha, Assento de válvula, Anel União, Anel Backup(apoio).

OBS: Os anéis O-ring e X-ring também podem ser utilizados como vedação dinâmica.

Vedações Dinâmicas:

A vedação dinâmica é utilizada em sistemas onde se tem componentes em movimento, como por exemplo, bombas, cilindros hidráulicos e pneumáticos, agitadores, entre outros. Estes movimentos podem ser Alternativos, Rotativos e Oscilantes.

Movimentos Alternativos: É o famoso movimento de vai e vem, muito utilizados em atuadores (Cilindros hidráulicos e pneumáticos) dentre os tipos de vedação alternativa, podemos citar os seguintes produtos:

Gaxetas, raspadores, Anéis e Fitas Guia, Diafragma.      

Movimentos oscilantes: É o movimento de abre e fecha, muito utilizado em válvulas. Dentre os tipos de vedação oscilante, podemos citar os seguintes produtos:

Anéis O-ring, Gaxetas trançadas e Anel X-ring.

Movimentos rotativos: É quando se tem um eixo girando dentro de uma câmara onde contém um líquido que deve ser vedado por um elemento de vedação. Muito utilizados em bombas, reatores, misturadores, agitadores. Dentre os tipos de vedação rotativa, podemos citar os seguintes produtos:

Retentores, Anéis V-rings, Selos mecânicos, Gaxetas Trançadas, Anéis x-ring.

A grande maioria dos elementos de vedação possui modelos/perfis diferentes, para atender diversos tipos de maquinários e uma série de aplicações. Abaixo segue um breve resumo dos mais utilizados.

GAXETAS:

Um dos elementos de vedação mais conhecido e utilizado, define-se Gaxeta como sendo um anel com lábio ou lábios que fazem a vedação de sistemas hidráulicos ou pneumáticos. É denominada de vedador automático, por sua capacidade de vedar com a própria pressão exercida contra a parede do cilindro da haste ou do êmbolo.

A função da gaxeta é vedar sistemas de movimentos alternativos que fogem à capacidade de vedação dos anéis o-rings, com a vantagem de apresentar excelente desempenho e desgaste mínimo pelo fato de a pressão sobre os lábios ser proporcional à pressão do fluído.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Tipo “U”, “L”, “H”, “T”, “B”, “V”, Chevron entre outras, algumas com anel o-ring.

ANEL RASPADOR:

O Anel raspador é um vedante formado por uma peça com um lábio de raspagem de ângulo positivo e uma seção rígida para montagem, com ou sem anel metálico. Seu lábio não tem a função de vedar.

A Principal função do anel raspador é prevenir a entrada de partículas contaminantes e umidades que se depositam nas hastes de sistemas hidráulicos ou pneumáticos, com o objetivo de proteger as superfícies internas do equipamento.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Com capa metálica: AS1, AS2

Sem alma Metálica: AS8, AS3 AS9 entre outros.

ANEL O-RING:

É definido como um vedador estático ou dinâmico de borracha com um formato de anel e seção circular, o qual é alojado em uma ranhura pré-dimensionada, que submete a seção do anel a uma pressão, assegurando assim a vedação inicial do sistema. O O-ring é o mais versátil de todos os vedadores e tem vasta aplicação no campo das vedações, principalmente na hidráulica e pneumática.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Quanto a medida, são conhecidos como milimétricos ou em polegadas (Standard).

RETENTOR:

Um dos elementos de vedação rotativa mais utilizados, conhecido como vedador de óleo, é um vedador dinâmico, que possui um anel metálico para dar rigidez ao perfil e uma vedação de borracha acoplada com mola helicoidal.

A função do retentor é assegurar a vedação entre um eixo com movimento rotativo e uma base estacionária, através de uma carga prévia da borracha do lábio de vedação e da pressão da mola.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

BR (R5), BRG(R2), BA(A5), BLG(B2PT), B(B5), BAG(A2), BG(B2) entre muitos outros.

ANEL E FITA GUIA:

Podem ser definidos como anéis de apoio, comumente fabricados em Poliacetal(POM), PTFE(Puro, ou com cargas de bronze, grafite, carbono e fibra de vidro), poliéster, entre outros materiais. São utilizados no conjunto êmbolo/haste de movimento recíproco em sistemas hidráulicos e pneumáticos. A principal função dos Anéis Guia e das fitas Guia é evitar o contato metal-a-metal das peças em movimento dentro de um cilindro hidráulico ou pneumático.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Os anéis guias podem ter cortes de 45°, 90°, em Z, ou sem corte, são comercializados em peças. As fitas geralmente são comercializadas em rolos ou metros.

ANEL X-RING:

Os anéis de vedação X-rings também são conhecidos como Q-rings, possuem duas superfícies de contato vedante, o que garante um melhor desempenho como elemento vedador, melhor estabilidade no alojamento e resistência a torção quando montados. Atuam em sistemas estáticos e dinâmicos com pressões até 60 bar (dependendo da dureza do elastômero até 80 bar).

ANEL V-RING:

V-ring é um anel de vedação (vedador com formato de anel) e seção definida, com lábio de vedação em uma das extremidades e corpo para dar rigidez a peça. Ele é fixado no eixo sob pressão e gira solidário ao mesmo, proporcionando excelente eficiência.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Tipo “A”, “L”, “S” entre outros.

SELO MECÂNICO:

É um dispositivo mecânico de forma cilíndrica, de alta tecnologia e alta performance que elimina e previne vazamentos de fluídos, líquidos ou gases sob pressão na caixa de selagem ou câmara do selo, de bombas centrífugas, bombas hidráulicas, reatores, onde o eixo rotativo atravessa seu corpo.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Linha Branca: Tipo 33, Tipo 38, Tipo 41, Tipo 42 Água, Tipo 42 Óleo

Linha Industrial: Tipo 01, Tipo 02, Tipo 04, Entre outros.

ARRUELA:

A arruela, apresenta formato anelar e é utilizada para realizar vedações Estáticas, de modo a interromper a passagem de fluídos de uma peça para outra.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Metálicas, não metálicas, lisas.

PERFIL DE BORRACHA:

É uma vedação estática, versátil, para oferecer uma melhor proteção, mais vedação e pode até servir como forma de acabamento quando existem duas superfícies diferentes. Muito utilizado na vedação de portas.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Maciços, esponjosos, vazados/ocos, tipo “U”, lisos e com insertos metálicos.

DIAFRAGMA:

O diafragma é um tipo de elemento de vedação. Ele serve para impedir a passagem de um fluido, vapor ou gás de um sistema, mantendo sua operação intacta e preservando tanto a máquina, quanto os arredores (já que esses materiais podem ser danosos).

ASSENTO DE VÁLVULA:

É uma vedação estática, muito utilizado em válvulas. É a parte do cabeçote que serve como uma espécie de “cama” para a base das válvulas de escape e de admissão, sendo responsável por garantir um encaixe preciso entre a válvula e o cabeçote, isolando o conjunto.

GAXETAS TRANÇADAS:

São elementos de vedação dinâmica, na maioria das vezes, mas podem ser  utilizadas em algumas aplicações estáticas. Existe gaxetas trançadas para vedação de fluídos e para isolamento térmico, são muito utilizadas em bombas de processo e válvulas

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Da linha TEADIT, que a Casa das Gaxetas comercializa, os mais utilizados são:

2200 DIG, 2000S, 2000IC, 2025, 2202, 2200, 2235, 2070, 2007G, 2005, 2006, 2004, 2017, 2019, 2030,2043, 2062, 2153, 2777, 2773, 2774 entre outras.

ANEL UNIÃO:

É uma vedação estática, parecido com uma arruela, mas possui inserto metálico. Muito utilizado em sistemas de alta pressão junto com parafuso.

ANEL BACKUP (APOIO):

Também conhecido como anel de apoio, é uma vedação estática, muito utilizado para evitar a extrusão dos vedadores quando submetidos a alta pressão.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Côncavos, lisos, expirais entre outros.

JUNTAS:

É uma vedação estática, quando comprimido entre duas partes de uma união flangeada, evita o vazamento do fluido nos equipamentos/. Podem ser fabricadas com diversos materiais, lençóis de borracha, papelão hidráulico, metais entre outros.

Tipos/ Perfis mais utilizados:

Metálicas, não metálicas, RF (Sem furação para parafuso) e FF (Com furação para parafuso)

Além dos elementos de vedação citados acima, existe também os especiais, conhecidos como os conjuntos de vedações, RS09 para vedação de haste e PS08 para vedação de êmbolo. É uma combinação de uma peça, geralmente produzida em Teflon (PTFE puro, ou com cargas de bronze, carbono, grafite) com um anel o-ring.

A CGL Casa das Gaxetas é especializada em vedações industriais, está no mercado desde 1976. Unidade industrial com alta tecnologia e certificação ISO 9001. Entregamos para todo país e América do Sul, faça seu orçamento aqui.

Compartilhar: